Dia dos Pais deve movimentar R$ 5,2 bilhões

         Segundo estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) o Dia dos Pais deve movimentar R$ 5,2 bilhões de reais, valor que representa 8,3% de todo o faturamento do mês de agosto e um aumento nas vendas de 3,1% se comparado ao mesmo período do ano passado. Para o economista da CNC a perda do setor nos últimos dois anos no Dia dos Pais poderá ser revertida devido a queda das taxas de juros, influenciada pela desaceleração da inflação.
      Deverão se destacar este ano as vendas no segmento de hiper e supermercados (R$ 1,96 bilhão ou 34,4% do total), seguido pelos ramos de artigos de uso pessoal e doméstico, como utilidades para o lar e eletrônicos (R$ 712,3 milhões ou 12,5% do total) e vestuário e calçados (R$ 656,3 milhões).Metade dos 16 itens que compõem a cesta de bens ou serviços mais demandados no Dia dos Pais deverá estar mais barata em 2017. Destacam-se nesse contexto as retrações nos preços de bens de consumo duráveis, como: microcomputadores (-16,3%), aparelhos telefônicos (-9,0%), relógios de pulso (-3,5%), além de aparelhos de som (-2,0%) e TVs (-1,7%). Por outro lado, serviços de alimentação fora do domicílio (+4,3%) e ingressos para cinema (+7,4%) estão mais caros. Com informações da CNC.

Riselda Morais

Jornais da ACRM - Fonte segura de informação!