Poesias

Renascimento – Poetisa Riselda Morais

Advinda, sabe Deus de onde
Saí do  ventre materno para a luz
com segredos que o bebê esconde
entro na vida protegida por Jesus

Comigo trouxe muita  inocência
um destino, mas nenhuma cruz
o viver com  a arte da paciência
a segurar a mão que me conduz

No instante que se deu o nascimento
e um anjo envolveu-me em abraços 

esquecendo a dor e o sofrimento
senti-me protegida em seus braços

Recebi junto com o renascimento
um conjunto de fortes emoções
que acrescidas do sentimento
provocam diferentes sensações

Logo comecei a  crescer
o mundo comecei a descobrir
e com o sol a cada amanhecer
infinitas possibilidades vi surgir

Cada dia uma nova oportunidade
de recomeçar, fazer tudo de novo
crescer, indo muito além da idade
fazendo do que é velho, algo novo

Assim, me recrio, reinvento
sonho, realizo, me contento
sigo em frente  e reaprendo
suave como a brisa do vento

As vezes viro uma tempestade
de angustias, tristezas, saudade
mas a dor traz-me a humildade
de transcender o saber da vida

E sob a luz de minha consciência
revejo meus limites, meus defeitos
me aceito, sei que minha existência
não é feita só de momentos perfeitos

E assim, buscando a mim mesma
me encontrando em alguns lugares
em minha eterna ânsia de existir
faço da chegada e da partida, pares

A vida é o simples movimento do ser, 

existente entre o tempo e o espaço
o segredo do viver além do existir
a certeza do morrer desde que nasço

São três fatos que resumem a vida
o nascimento, que é a luz do chegar
o viver, é a caminhada percorrida
e a morte que é da alma o libertar!