Poesias

Primeiro Amor – Poetisa Riselda Morais

Cabeça e corpo de menina
Cheia de boa intenção
Muitos sonhos de beleza
Mas nenhuma curtição

Quão belo, era este tempo
Em tudo, tinha emoção
Elevava o pensamento
Até outra dimensão

Mas quando ele chegou
Enchendo o mundo de cor
Sorrindo ele me olhou
E todo o céu se estrelou

Foi ao se aproximar
Tocar-me a mão e falar
Que senti meu coração
Feliz a me avisar

Estou entrando em ação
Aceite o meu clamor
Sinta a minha reação
É o meu primeiro amor

A encantar na adolescência
Na simplicidade da palavra
A revelar a inocência
Dos beijos com que sonhava

Ao sentir-me tocada
Todo o corpo estremeceu
Quis-me tua, te quis meu
Senti-me tão desejada

Plenamente apaixonada
Entreguei-me ao sentimento
E não quis pensar em nada
Só quis viver o momento

Lembro e não volto atrás
Suspiro, mas não lamento
Deixar esse amor já faz
Parte do meu crescimento

Com o passar do tempo
Esse amor adormeceu
E a menina se escondeu
Em um corpo de mulher!