Poesias

O Amor que sonhei – Poetisa Riselda Morais

Sinto em minha alma
a sombra da tristeza
uma lágrima solitária
numa expressão calma
um leve suspiro
reflete a beleza

De amar com grandeza
de sonhar acordada
de pensar com pureza
ficar atordoada
ao ver-te outrora
mas, na hora errada

O mais belo canto
ecoa em minha mente
todo o meu encanto
em cada continente
te digo em poesia
o que meu coração sente

Magoado olhar
agora em pranto
que veio a molhar
um olhar de espanto
a um homem menino
que quis o destino
eu quisesse tanto

Adormeci em paz
dormi como criança
Sorrindo fui capaz
de ter esperança
belas palavras ouvi
e logo o senti
beijar-me a boca

Dormindo estava
logo despertei
e lamentava
porque acordei
para não viver
o amor que sonhei!