Poesias

Mulher – Poetisa Riselda Morais

Dizem-te sexo frágil
Frágil? Não.
És uma guerreira!
Forte, esperta, ágil
Decidida, inteligente, companheira!

És uma, em mil maneiras
A irmã, a filha, a mãe,
a mulher transparente
a amante, a amiga,
a mulher que surpreende!

Pode ser trilhas… 
ou caminho de repente
Que de dedicação, 
cuidados e anseios
tudo entende

Despertas desejos,
respeito, amor…
Mas também a inveja,
a ira, o rancor!
Podes aflorar em faces
mil sentimentos
Quando sedutora
em todos os momentos

Que te digam o contrário,
que não admitam
Que te fazem musa,
que por vós cogitam
Mas é por ti o sorriso,
O choro, o canto
Quando dona da paixão,
Do sonho, do encanto!