Poesias

Lembra-te? – Poetisa Riselda Morais

Um dia me perguntou
se lembrava de nós dois,
jovens e apaixonados
vivendo um grande amor,
não pude te responder, 
não conseguia dizer
ainda te amo, amor!

Nascido em solo sagrado
Pelo frei abençoado
Que pena, que se quebrou
Não morreu ficou guardado
Pelo ciúme separado
Na festa da Mãe do salvador

Lembra-te?

Caminhamos de mãos dadas
Em direção aos sonhos 
Idealizando o futuro
Brindando a vida com sorrisos
Planando em vôo seguro
Não te esqueci, te asseguro
Lembro de cada momento 
Que com você vivi
E do livre e lindo sentimento
Que por você senti!