Poesias

Carnaval 2000 – Poetisa Riselda Morais

Muito amor, muita alegria
Adereços, brilhos, fantasia,
Carros, alas, diversão,
Com as baterias a explosão

Desta energia colorida
que tomou conta da avenida
com a Verde e Branco a expansão
com a Tom Maior a exploração!

Do Brasil veio a Mocidade
Com um vôo Fiel para a liberdade
Das Bandeiras, dos negros as missões
Da esperteza da Águia, 
Ao orgulho nos corações

Do ciclo do ouro e do café
Lembramos com samba no pé
Itaquera e Paulistana
Que enredo, que bacana!

Pela Casa Verde amados
E Unidos pelo carnaval
Trouxeram-nos dois Reinados
Que beleza, que legal!

De Vila Matilde és Nenê
Representastes a Era Vargas
Que o Brasil guarda na memória
O triste fim em horas amargas
Para a avenida trouxeste
O orgulho da Zona Leste
A escola mais amada
A bateria nota dez
Levantou a arquibancada
Encantou por onde passou
O enredo o povo cantou
É a Vila representada!

A Acadêmicos passou
Com o Período Militar
Por onde a paz não pousou
Deixou muitos a chorar!

Salve! Imperador do Ipiranga
Linda! A Rosas de Ouro
Trouxeram-nos duas Repúblicas
Quão bonito este tesouro!

Com a 3ª República, 
Reina a Democracia
Das Diretas ao Impeachment, 
Vi em bela alegoria
A Vai-Vai fechou o desfile, 
com grande categoria!

Quinhentos anos da história
A Nação lembrou a cantar
Meu Brasil por tua glória
Sempre iremos te amar!.