Poesias

Conspiração da Natureza – Poetisa Riselda Morais

O espelho que retrata teu rosto
é a água do rio clara e transparente,
que vem da nascente, mas aqui parou,
por que com a tua beleza, ela se encantou

Ah! Amo o brilho dos teus olhos
vendo o sol se pôr,
bendigo os raios solares
que ao teu corpo dourou,
teu olhar distante
que por um instante
o céu contemplou

Os pássaros voam,
fazem balé no ar
Ao som da sinfonia
do próprio cantar

No chão a semente
que você semeou
em agradecimento
a natureza conspirou,
armando um cenário
de beleza e cor
para te lembrar
de colher a flor
que você plantou,
nasceu em meu coração
com o nome de amor

Vem colher a flor
que você plantou, amor!
Quero teus olhos nos meus,
quero sentir teu calor
Quero um abraço gostoso,
quero viver esse amor.

Quero teu corpo no meu/
nasceu com nome de amor/
Vem colher sua flor /
quero viver esse amor.