Poesias

Vem Comigo – Poetisa Riselda Morais

Em frente o mar, 
com o olhar perdido
Vejo-te entregue,
triste, desamparado
Quero te animar, 
te alegrar, te livrar 
do amor bandido 
e ver-te envolvido
com mil abraços 
e meu amigo
em meus braços
amparado!

Em mim sempre terás, 
um ombro amigo;
serás por grande amizade protegido
A verdade: nunca foste enganado
Anima-te, anda, vem comigo
Buscar a felicidade a nado

Não te deixes consumir pela tristeza
Nem lave seu rosto com lágrimas,
pois tens a tua frente… o mar!
Permita-se… 
amar de novo
Envolver-se… 
com quem te mereça 
A decepção…
Esqueça!

Ame e deixe-se amar 
com a grandeza, 
com a imensidão do mar 
e a generosidade das águas salgadas
Não olhe vazio, 
admire a beleza das ondas 
que não param de bailar
veja… o que a sua frente está!

Vem comigo, vem viver com alegria
Não lamente, olhe a vida e sorria
Toque a terra, suba a serra,
sinta a sua energia 
Curta o mar, deixe seu corpo
e sua alma ele lavar

Brinde o vento, ouça o tempo e sinta a calma
Equilibrando e harmonizando o pensamento,
Deixe-se amar, tudo novo é experimento
Quem se gosta, alegra-se, fica atento
Só vale a pena guardar bom sentimento

Vem comigo, 
vem viver com alegria
Não lamente, 
olhe a vida e sorria
Que acalma e suaviza a emoção
fazendo leve e nobre o coração
Anda… vai ficar aí nessa lamentação? 
Vem comigo, reage, quero ver ação!
Sorria, 
porque na vida não se conta a tristeza, 
o que conta, é só a alegria.