Poesias

Segredo de Amar – Poetisa Riselda Morais

As águas claras,
as espécies raras,
do fundo do mar
São os sentimentos,
límpidos, a contentos,
do segredo de amar!

Leveza e liberdade,
em seu balançar,
Movimento constante, 
Bem perto ou distante;
As ondas do mar…
São como a verdade,
vista em teu semblante
ao se aproximar…
Quando perto o bastante
Toca-me insinuante
E vamos caminhar…
Sobre a areia molhada,
sou a namorada,
louca, apaixonada,
sob a luz do luar,
Vivendo a paixão
sentindo a emoção,
do segredo de amar!

Se o mar é revolto
Deixo o cabelo solto,
quero o abraçar…
Ponho-me a olhar,
Pensar…
Observar!

É um rompimento
Um doce tormento
Como um separar…
Só fisicamente
Amanhã calmamente
vamos nos tocar;

E o mar… 
Certamente!
Virá brandamente,
para nos mostrar
o segredo de amar!

Amar por amar… 
Como amar o mar
Amar no olhar
No querer, no admirar

Amar ao sonhar
Amar ao viver
Amar ao pensar
Ao desejar, ao sentir
Ao dormir, ao caminhar,
E cantar esse amor
Na alegria e na dor,
No segredo de amar!