XI Circuito de Teatro em Português

 

Companhias de países lusófonos – Angola, Brasil, Cabo Verde, Portugal, São Tomé e Príncipe e Moçambique – se reúnem em mais uma temporada de apresentações, debates, oficinas e seminários. Esta edição traz um convidado muito especial, Macau/China, que faz parte dessa histórica lusofonia.

Entre os dias 18 e 27 de agosto de 2017, acontece no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, a décima primeira edição do Circuito de Teatro em Português, um festival internacional de países lusófonos, com entrada franca. A cerimônia de abertura ocorre no dia 18, sexta-feira, à 19h30, com apresentação da Cia. de Dança Típica da Guiné Equatorial. O evento tem patrocínio da CAIXA e Governo Federal.
O Circuito tem participação de companhias teatrais de países de língua portuguesa, em uma programação que prevê também a realização de oficinas, debates e seminários. São nove companhias envolvidas, onze espetáculos, oito oficinas e dois seminários. A novidade da edição fica por conta do Circuitinho, trazendo espetáculos para crianças.
Na programação, destaque para a homenagem ao “pai” do teatro de língua portuguesa, Gil Vicente, e aos 500 anos de sua obra com Auto da Barca do Inferno, pelo Grupo Dragão7 de Teatro que, há 20 anos encena esse texto. Destaque também para Flecha Borboleta, um épico inspirado na ópera Madame Buterfly, de Puccini, encenado pela Associação dos Artistas Cênicos do Amazonas – Arte & Fato, que narra as trágicas consequências do amor entre uma índia e um expedicionário americano em diálogo com o Massacre de Haximu, que aconteceu em Roraima, em 1993, na aldeia dos Índios Yanomami.
As demais atrações são: Nos Tempos de Gungunhana (de Klemente Tsamba – Moçambique), Por Revelar (de Isabel Mões – Portugal), As Palavras de Jó (Grupo de Teatro do Centro Cultural Português do Mindelo – Cabo Verde), Nós Não Morremos (Cia. Black Smile – São Tomé e Príncipe), Oração (Cia. Los Puercos – Brasil), Os Bolsos Cheios de Pão (La Inquieta Compãnia – Brasil), Pedro e o Capitão (Coprodução 3M e Fundação Sindika Dokolo – Angola) e os infantis Pés na Estrada (Dragão7 – Brasil) e En Cantos – Espetáculo para Bebês (Cia. da Casa de Portugal – Macau – China).
Após realização na capital, o Festival segue para sete cidades paulistas e Teresina, no Piauí, sempre com espetáculos e atividades gratuitas.

Riselda Morais

Jornais da ACRM – Fonte segura de informação!