Banco do Brasil é certificado pela B3 no Programa Destaque em Governança de Estatais

    O Banco do Brasil participou nesta quarta-feira, 9, da cerimônia de toque de campainha para celebrar sua certificação no Programa Destaque em Governança de Estatais da B3 (antiga BM&FBovespa) – destinado a empresas estatais que se comprometem voluntariamente com as melhores práticas de governança corporativa. Durante a cerimônia, o presidente do BB, Paulo Caffarelli, afirmou que “nenhuma empresa que queira estar preparada para o futuro pode abrir mão de três pilares essenciais: rentabilidade, ética e transparência”.
     Nos últimos meses, o BB, que já integra o Novo Mercado desde 2006, promoveu os aprimoramentos necessários para atender as exigências previstas pela Bolsa, robustecendo, assim, suas estruturas e práticas de governança corporativa.
    Dentre as medidas adotadas pelo Banco, é possível destacar a elaboração e divulgação da Carta Anual de Governança Corporativa, formulação das Políticas de Transações com Partes Relacionadas, de Indicação e Sucessão de Administradores e de Remuneração aos Acionistas; o aprimoramento dos conteúdos do Formulário de Referência; a revisão do Estatuto Social do BB, do Código de Ética e das Normas de Conduta; e o fortalecimento de estruturas de gerenciamento de riscos e controles internos, com a criação, por exemplo, do Comitê de Riscos e de Capital.
Para o Banco, o Programa funciona como uma certificação de qualidade em governança, ou seja, uma sinalização para os investidores de que as práticas empresariais são sólidas, transparentes e confiáveis, e que a empresa está comprometida com a ética, eficiência, prestação de contas e responsabilidade corporativa.

Riselda Morais

Jornais da ACRM – Fonte segura de informação!